SOS SANTA CATARINA
 

O Secovi/RS e a Agademi sensibilizados pela tragédia das chuvas que vem assolando Santa Catarina, estão arrecadando alimentos não perecíveis e agasalhos, como também, materiais de higiene pessoal e de limpeza e artigos de cama, mesa e banho. Tais artigos poderão ser entregues na sede das Entidades para, posteriormente serem enviados às autoridades de Santa Catarina para distribuição.
Conforme reportagem de Zero Hora de ontem, o Rio Grande do Sul já ajudou com 5,6 mil cobertores; 5,3 mil colchões; 1,7 mil kits de limpeza; 1,5 mil cestas básicas; 730 travesseiros; outros 21 caminhões partiram com mantimentos. O mercado imobiliário também fará a sua parte. Quem quiser ajudar em dinheiro, poderá fazer depósito na contas:

                    BESC
                    Ag. 0680
                    Cc. 80000-0

                    Banco do Brasil
                    Ag. 3582-3
                    Cc. 80000-7

                    Bradesco
                    Ag. 0348-4
                    Cc. 160000-1

                    CEF
                    Ag. 1277
                    Operação 006
                    Cc. 80000-8

 
Reunião almoço vai abordar o Pré-sal
 

Recentemente, a Petrobrás comunicou a presença de enorme quantidade de petróleo em uma camada da Terra chamada pré-sal, no fundo do mar. Esta nova reserva teria sido encontrada no Campo de Tupi, no litoral paulista, e tem capacidade para encher 100 bilhões de barris de petróleo e gás natural. Além daquele ponto, a Petrobrás já informa ter obtido indícios de petróleo na camada pré-sal desde Santa Catarina até Espírito Santo.
O assunto mereceu amplo espaço na imprensa, evidenciando opiniões contraditórias. Uns atribuindo à descoberta um papel redentor para o país, que poderia até aspirar a um assento na poderosa OPEP. Outros, dizendo que não se trataria de novidade posto que sabido, há bastante tempo dessa possibilidade de exploração, mas cujo custo seria positivo. Paralelamente, interesses internacionais não veriam com bon
s olhos novo competidor no mercado.
Para tentar pôr luz sobre o tema, o Secovi/RS e a Agademi irão promover no próximo dia 09 de dezembro (terça-feira), reunião almoço no Porto Alegre Ritter Hotel, quando especialistas da Petrobrás proferirão palestra que, para os que já ouviram em outra ocasião, é muito interessante.
O evento não tem investimento e as confirmações devem ser feitas até dia 05 de dezembro pelo telefone (51) 3221.3700, com setor de eventos ou pelo e-mail: eventos@secovi-rs-agademi.com.br

 
Dia do Síndico será comemorado em
Porto Alegre e Capão da Canoa
 

Administrar um condomínio é como reger uma orquestra. É preciso ter sintonia e disciplina.
É preciso ter arte...

EM PORTO ALEGRE:
16 de dezembro de 2008 - Sede Secovi/RS-Agademi Trav. Francisco de Leonardo Truda, 98/9º andar

Programação:

das 17h às 18h30min - Processo Judicial de Cobrança de Cotas Condominiais
- Compreendendo as fases do processo
Palestrante: Luciane Lopes Silveira, Advogada

das 17h às 18h30min - Processo Judicial de Cobrança de Cotas Condominiais

das 18h30min às 18h45min - Coffee break

das 18h45min às 19h45min - PCMSO e PPRA - Obrigações do Condomínio
Palestrante: José Gisoni Fernandes de Lima, Médico do Trabalho

das 19h45min às 21h - Habilidades e Competências de um Síndico
- Comunicação - Ferramenta essencial para o Síndico
- Ser e Estar Síndico - Você sabe a diferença?

Palestrante: Márcio Nobre, Bacharel em Comunicação Social


EM CAPÃO DA CANOA:
19 de dezembro de 2008 - Câmara de Vereadores de Capão da Canoa Av. Rudá, 745

Programação:

das 18h às 19h - Segurança nos Condomínios e Procedimentos Preventivos
Palestrante: Carlos Alberto Ouriques, 1º Tenente da Brigada Militar de Capão da Canoa

das 19h às 19h15min - Coffee break

das 19h15min às 20h30min - Convocações, Assembléias e Atas
Palestrante: Cristiane Carvalho Vargas, Advogada

das 20h30min às 21h30min - Habilidades e Competências de um Síndico
- Comunicação - Ferramenta essencial para o Síndico
- Ser e Estar Síndico - Você sabe a diferença?

Palestrante: Márcio Nobre, Bacharel em Comunicação Social


Público alvo: Síndicos e condôminos

VAGAS LIMITADAS:
Faça sua inscrição com antecedência pelo telefone: (51) 3221.3700 ou pelo e-mail:
eventos@secovi-rs-agademi.com.br www.secovi-rs-agademi.com.br

 
 

Atualização em ISSQN

 



O treinamento sobre atualização do ISSQN, (Município de Porto Alegre), no último dia 24, promovido pelo Secovi/RS e pela Agademi teve mais de 70 participantes. O evento que teve o apoio da Prefeitura da cidade, abordou o imposto sob a ótica de diversos fatos geradores, tais como, construção civil, serviços de limpeza e de vigilância, substituição tributária e o correto preenchimento da declaração eletrônica mensal.



 
Assessores de Condomínios no Secovi/RS e na Agademi
As entidades realizaram o I Encontro de Assessores de Condomínios no último dia 25. Fez parte das comemorações do Dia do Síndico, em Porto Alegre comemorado no dia 16 de dezembro de cada ano, conforme Lei Municipal nº 8073/97.
Na ocasião, assessores de condomínios das imobiliárias e empresas associadas puderam saber mais sobre o Secovi/RS e a Agademi através de uma breve apresentação feita pela superintendente das Entidades, Helena Terezinha do Amaral Gomes. Para mostrar os serviços do Secovimed, o assistente administrativo Jorge Alberto Dani mostrou números, funcionamento, especialidades médicas e odontológicas deste serviço social.





O público assistiu também uma palestra do consultor Márcio Nobre intitulada “Seu passaporte para o sucesso”. Sorteio de brindes e um coquetel de confraternização finalizaram o Encontro.
 
COMUNICADO
 


O Secovi/RS e a Agademi informam que, devido as festas de final de ano, não terão expedientes nos dias 24, 26 e 31 de dezembro/2008 e no dia 02 de janeiro/09.
DATAS ESPECIAIS


1 DE DEZEMBRO

DIA DO IMIGRANTE

Podemos considerar o início da imigração no Brasil a data de 1530, pois a partir deste momento os portugueses vieram para o nosso país para dar início ao plantio de cana-de-açúcar. Porém, a imigração intensificou-se a partir de 1818, com a chegada dos primeiros imigrantes não-portugueses, que vieram para cá durante a regência de D. João VI. Devido ao enorme tamanho do território brasileiro e ao desenvolvimento das plantações de café, a imigração teve uma grande importância para o desenvolvimento do país, no século XIX.

O processo imigratório foi de extrema importância para a formação da cultura brasileira. Esta, foi, ao longo dos anos, incorporando características dos quatro cantos do mundo. Basta pararmos para pensar nas influências trazidas pelos imigrantes, que teremos um leque enorme de resultados: o idioma português, a culinária italiana, as técnicas agrícolas alemãs, as batidas musicais africanas e muito mais. Graças a todos eles, temos um país de múltiplas cores e sabores. Um povo lindo com uma cultura diversificada e de grande valor histórico.

Fonte: Portal Sua Pesquisa.com
 
SECOVI/RS-AGADEMI e AGADIE
 
 
Participações
Fórum Estadual de Gestão da Fecomércio-RS

Os 112 sindicatos filiados à Fecomércio-RS (Federação do Comércio de Bens e de Serviços do RS) estarão presentes na 17ª edição do Fórum Estadual de Gestão que será realizado nesta sexta-feira (28). O Fórum, que acontece durante o período da manhã no Teatro do Sesc/RS (av. Alberto Bins, 665), será o momento para discussão com os executivos sobre as modificações previstas para o mapa estratégico da entidade, que passará por uma revisão após as alterações no cenário econômico mundial.

Segundo explicou o consultor adjunto do Núcleo de Gestão Estratégica da Federação, Alex Poletto, o planejamento estratégico voltará a ser o tema principal do evento, que já tratou, em edições anteriores, de inovação, excelência, práticas de gestão, entre outros. “Retomamos o planejamento neste momento porque há a necessidade de uma revisão e adaptação das estratégias definidas para o período 2007-2020”, avalia. O consultor explica que o encontro de sexta possibilitará o debate e a validação das estratégias com a diretoria e sindicatos.

O momento servirá também para a apresentação dos resultados dos indicadores da entidade. O presidente do Sistema Fecomércio-RS, Flávio Roberto Sabbadini, fará um balanço do ano de 2008.

O presidente do Secovi/RS e da Agademi, Moacyr Schukster, juntamente com as colaboradoras Kátia Emmel e Andréia Martins, participam deste evento.
 
 
NOTÍCIAS
Seminário do INSS em Porto Alegre irá debater os benefícios por incapacidade do trabalhador
Quanto maiores os esforços das empresas em oferecer programas de prevenção aos acidentes e doenças de trabalho aos seus colaboradores, menor será o número de recursos no INSS solicitando auxílio, além da maior qualidade e bem-estar trazidos ao dia-a-dia do trabalhador. Para medir tais investimentos das organizações, o Ministério da Previdência criou o FAP – Fator Acidentário Previdenciário –, cujo objetivo é o de determinar o maior ou menor grau de criação e esforços em programas de prevenção de acidentes e doenças e amparo contra os riscos ambientais do trabalho.

Para entender e divulgar o assunto, o Conselho de Previdência Social do INSS em Porto Alegre realizará, no dia 11 de dezembro, o “II Seminário Benefícios por Incapacidade – FAP”, em que irá debater o tema e seus reflexos na vida das empresas e das pessoas. O evento acontece na sede do Sinduscon/RS (av. Augusto Meyer, 146) e será realizado das 8h30 até as 18h. A Fecomércio-RS é integrante do Conselho na capital.

Segundo explica o vice-presidente da entidade e representante da Federação junto ao INSS, Juarez Venço, este evento poderá alertar quanto às práticas que aparentemente não têm gravidade, mas que são exercidas cotidianamente pelos colaboradores e podem ter conseqüências perigosas. “É importante que todos estejam atentos às normas de segurança e aos procedimentos corretos para exercer cada atividade, uma vez que os riscos de acidentes e de doenças profissionais estão diretamente relacionados com as rotinas desenvolvidas”, lembra Venço.

Para o dirigente, uma empresa que investe em disseminar a cultura de prevenção de acidentes e doenças agrega um diferencial importante. “Muitas vezes, o desgaste entre empresa, INSS e colaborador pode ser evitado com o simples fato de todos estarem cientes dos riscos, direitos e deveres de cada um”, alerta.

Informações sobre a programações e inscrições pelo fone (51) 3286.5677, com Letícia.
 
Fonte: Informativo Sistema Fecomércio-RS
Data: 26/11/08
Crise chegou ao consumo, diz Renner
As Lojas Renner já sentem uma redução nas vendas como conseqüência da crise.
No cenário traçado pelo presidente da empresa, José Galló, o consumo deve se retrair ainda mais no começo de 2009.

Para ele, uma melhoria no varejo só virá no segundo semestre de 2010.
"A crise já chegou ao consumidor brasileiro", disse.
Para ele, os primeiros afetados foram pessoas das classes A e B, com relação mais direta no mercado financeiro
Os próximos a sentir a força da crise serão os consumidores das classes D e E, através do desemprego, que Galló espera que ganhará força em fevereiro de 2009
.Para enfrentar a crise, Galló iniciou um plano focado em cortes de gastos e ganhos de produtividade, há 45 dias.
Ele está negociando com fornecedores melhores condições de compra e substituindo importados.
Neste ano, 15% da matéria-prima era importada -em 2009, a meta é de 12%.
Outra reação é a redução do quadro de funcionários, mas sem demissões.
"Como a nossa rotatividade é alta, não precisamos demitir.
Apenas paramos de repor o pessoal que sai. "
"A crise econômica provocou impacto até nas decisões sobre o foco da coleção.
As Lojas Renner apostaram na simplificação das peças .
"Vamos ter mais roupas com estampas menos marcantes, para que a pessoa compre pensando que poderá usar mais vezes", disse Galló
Além da queda nas vendas, a empresa também sente a crise na escassez do crédito e na desvalorização de seus papéis na Bolsa.
Sem conseguir captar, a empresa suspendeu uma negociação em curso para adquirir a rede fluminense Leader.
"Nesta crise, a regra é sentar em cima do caixa para garantir liquidez.
Nós éramos uma companhia se preparando para crescer.
Agora vamos ter que nos readequar", afirma.
Na Bolsa, as perdas da companhia no ano já superam 50%.
Segundo Galló, a empresa vai apresentar, na próxima reunião do conselho administrativo, um programa de recompra das ações.
"O dilema é manter caixa ou investir na recompra.
"Apesar do cenário negativo, Galló também vê oportunidades nesta crise.
Para ele, as grandes redes, como as Lojas Renner, podem ganhar parte do mercado das pequenas.
"Os pequenos varejistas vão sofrer mais.
Eles não vão conseguir se financiar.
" Além do aperto no crédito, Galló acredita que a falta de confiança na economia levará os consumidores a optarem por marcas conhecidas.

 
Fonte: Jornal Folha de São Paulo
Data: 23/11/08
Pro Teste aconselha clientes de bancos a reler contratos
SÃO PAULO - A Pro Teste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, afirmou que o movimento de fusões e aquisições no sistema bancário é benéfico para as empresas, mas não para o consumidor. É preocupante, pois o número de bancos está diminuindo e, por conseqüência, a concorrência, diz Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Pro Teste. E a diminuição da concorrência nunca se reflete em redução de tarifas.

Segundo ela, em comparação com pesquisas de outras entidades de defesa do consumidor internacionais, as tarifas cobradas no Brasil estão entre as maiores do mundo. Muitos brasileiros não têm contas bancárias porque o preço para mantê-las é muito alto. Concentrar a atividade financeira na mão de poucos grupos apenas dificulta a bancarização da população.

Maria Inês aconselha, em primeiro lugar, que os 103 mil clientes da Nossa Caixa e do Banco do Brasil releiam quaisquer contratos que tenham com esses bancos e acompanhem, por meio de extratos e faturas, a movimentação financeira. Pela lei, os bancos só podem aumentar tarifas uma vez por semestre e isso já ocorreu. Portanto, qualquer novo aumento tem de ser comunicado com pelo menos 180 dias de antecedência. O Código de Defesa do Consumidor proíbe a alteração unilateral de contratos. Contratos de financiamento, empréstimo, abertura de contas ou outros serviços já contratados não podem ser alterados. Em caso de dúvidas, o correntista deve buscar as ouvidorias dos bancos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
 
Fonte: Jornal O Estado de São Paulo
Data: 21/11/08
Estado precavido contra a dengue
O RS vai aplicar R$ 7 milhões neste ano no planejamento para evitar uma epidemia de dengue. Segundo o secretário estadual da Saúde, Osmar Terra, a proximidade do verão faz com que os riscos aumentem. `Nesta época, o mosquito transmissor se reproduz.` Ele pede que as pessoas adotem medidas para prevenir a infestação do Aedes aegypti. Não devem deixar acumular água em recipientes abertos, precisam usar cloro em piscinas, manter garrafas vazias com o gargalo para baixo e trocar diariamente a água do bebedouro de animais.No verão passado, o RS não registrou nenhum caso de dengue em que a doença tenha sido contraída no Estado. `Todos os 90 casos confirmados foram de pessoas que vieram de outras regiões`, afirmou. Segundo a secretaria, 58 municípios gaúchos apresentam focos do mosquito transmissor. `Em princípio, todos sob controle`, ressaltou.Dos R$ 7 milhões, R$ 1 milhão são de verbas federais e o restante, do Tesouro estadual. Uma parcela irá para a prevenção da doença, com o aumento, se necessário, no número de agentes sanitários, atualmente de 2 mil. Serão adquiridos mais sete veículos, ampliando a frota para dez. A outra parte dos recursos será aplicada para deixar o Estado preparado no caso de uma epidemia. O governo fechou acordo com hospitais das principais áreas de risco, reservando 470 leitos extras.
 
Fonte: CORREIO DO POVO
Data: 21/11/08
 
PROGRAMA√‡√ƒO SESC-RS
Etapa Porto Alegre do Sesc Triathlon
já tem confirmação de atletas de elite

Líder absoluta na disputa feminina do 18° Troféu Brasil de Triathlon 2008, Carla Moreno está entre os atletas de elite com presença confirmada na etapa Porto Alegre do Sesc Triathlon – Circuito Nacional. O evento, que chega a sua quarta edição na capital gaúcha, acontecerá no dia 30 de novembro, na Praia do Veludo de Belém Novo. Além de Carla, também estarão competindo os triatletas Juraci Moreira, do Paraná, Lucas Pretto, do Rio Grande do Sul, e Antonio Marcos, do Ceará.

Na edição 2007 da etapa Porto Alegre, Carla Moreno conquistou o primeiro lugar no pódio entre as mulheres, e Juraci Moreira, medalha de Bronze nos Jogos Pan-Americanos 2007, foi o campeão na categoria elite em Porto Alegre. O gaúcho Lucas Pretto conquistou a terceira colocação na disputa no ano passado.

Em Porto Alegre, as inscrições para a etapa do Sesc Triathlon podem ser feitas até o dia 19 de novembro nas Unidades Operacionais do Sesc em todo o Rio Grande do Sul ou através do site www.sesc-rs.com.br/triathlon. A prova está dividida em três etapas: natação, ciclismo e corrida. Na natação, os atletas da categoria faixa etária percorrerão 750m, e os do grupo de elite, 1500m. Já no ciclismo, os participantes por faixa etária devem cumprir um percurso de 20km e os da elite, 40km. Já na corrida, o trajeto será de 5km para os concorrentes por faixa etária e de 10km para a elite. As largadas serão às 8h45 e 10h15, para faixa etária e elite, respectivamente.

No Rio Grande do Sul, o evento é realizado pelo Sesc/RS, e conta com o apoio Prefeitura de Porto Alegre e Federação Gaúcha de Triathlon. Com 62 anos de atuação, o Sesc/RS é uma entidade privada, mantida e administrada pelos empresários do setor terciário, que tem como objetivo principal a promoção da qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e da comunidade em geral. No Rio Grande do Sul, está presente em mais de 400 municípios com atividades sistemáticas em áreas como a saúde, esporte, lazer, cultura, cidadania, turismo e educação.

Fonte: www.sesc-rs.com.br
 
Dica Ambiental
VALE A PENA FAZER
Separar o lixo seco de todos os restos orgânicos: um copo sujo de cafezinho pode inutilizar quilos de papel limpo – e reciclável.

Lavar as embalagens para retirar os resíduos dos alimentos e dos produtos de higiene e limpeza.


NÃO VALE A PENA FAZER

Separar o lixo seco por tipo de material. As empresas e cooperativas farão uma nova triagem – estando o lixo organizado ou não.

Amassar latas e garrafas PET ou desmontar as embalagens longa-vida. São medidas que não encurtam em nada o processo de reciclagem.
 
Fonte: www.planetasustentavel.com.br