ECONOMIA E ESTATíSTICA

Estudos do Departamento de Economia e Estatística - DEE

Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) - Atualizado em 29/08/2017.

No Brasil, conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), analisando os segmentos relacionados às atividades imobiliárias, em Julho de 2017 houve um crescimento de 0,23% nos postos de trabalho na relação com o estoque do mês anterior (Junho/2017). No acumulado dos últimos 12 meses, os resultados ainda permanecem negativos, numa taxa de -0,59% em relação ao estoque de empregados um ano atrás. Para os condomínios, a variação mensal foi negativa em 0,06% e nos últimos 12 meses, a redução ficou em 0,56% (-3.189 postos de trabalho).
Para o Estado do Rio Grande do Sul, nos últimos 12 meses, as atividades imobiliárias apresentaram resultado positivo com acréscimo de 3,03% nos postos de trabalho. Já nos condomínios, para o mesmo período acumulado, houve uma retração de 0,96% gerando uma perda de 218 postos de trabalho.
Na capital dos gaúchos, as atividades imobiliárias tiveram uma variação nos últimos 12 meses de +2,08% enquanto nos condomínios, no mesmo período, houve uma variação de -1,29%.

 

Confira o texto na íntegra acessando sua área restrita.

Índice de Confiança do Empresário - Setor Imobiliário( ICE-SI ) - Abril/2017 - Atualizado em 19/05/2017

A 7ª edição do Índice de Confiança do Empresário do Setor Imobiliário (ICE-SI) do Rio Grande do Sul, calculado pelo Departamento de Economia e Estatística do Sistema Secovi/RS, apresentou seu melhor resultado desde a sua criação em 2015. No período de abril de 2017, o indicador geral foi de 119,9 pontos considerando a escala de 0 a 200 pontos.

Analisando os três índices que compõem o indicador, observamos que o Índice de Condições Atuais (ICAE-SI) registrou o menor resultado na comparação com os demais índices, obtendo 96,6 pontos. Já o Índice de Expectativas (IEE-SI), obteve o resultado mais expressivo, com 145,6 pontos.
                
Acesse a área restrita para ter acesso a pesquisa completa.

Mercado Imobiliário em Números Maio/2016 - Atualizado em 18/05/2016

Resumo: Situação do Mercado de Trabalho e do Mercado imobiliário de Locação e Venda em Números. Os últimos 12 meses com relação a períodos anteriores.

Prévia do Panorama 2015 - 1º semestre

A prévia do Panorama do Mercado Imobiliário 2015 é uma análise do primeiro semestre, feita pelo Departamento de Economia e Estatística. Realiza uma breve abordagem sobre a atual conjuntura econômica nacional e como tem se apresentado o segmento imobiliário, na cidade de Porto Alegre.
Confira o texto na íntegra acessando sua área restrita.

O aumento dos sinistros gera uma maior preocupação da população com segurança?

Devido a crescente insegurança vivenciada pela população, que é motivo de preocupação e de discussão da sociedade, algumas adequações, à atual realidade, vêm ocorrendo nos condomínios, como a utilização de equipamento de segurança. Dessa forma, analisando o comportamento da rubrica segurança das despesas gerais dos condomínios, buscou-se entender como essa questão tem impactado nos gastos condominiais. Ou seja, o aumento dos sinistros gera uma maior preocupação da população com segurança?

Perfil da Força de Trabalho das Atividades Imobiliárias e dos Condomínios

Ter um levantamento sobre o perfil da população é de suma importância para conhecer suas condições socioeconômicas e, assim, elaborar projetos e medidas voltadas às suas necessidades. Alguns órgãos são responsáveis pela divulgação e acompanhamento de determinados assuntos. O Ministério do Trabalho e emprego (MTE), por exemplo, é a principal referência quando a questão é nível de empregabilidade e seus desdobramentos.

O Secovi, através de seu Departamento de Economia e Estatística e utilizando os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), divulgado pelo MTE, analisou o perfil de seus representados e seu comportamento no decorrer do tempo. Pelo dado oficial e através de variáveis como escolaridade, tempo de empresa, gênero, número de funcionários e salários médios, pode-se apurar as características presentes nas atividades imobiliárias e condomínios nos últimos anos.

Confira o texto na íntegra acessando sua área restrita

Atratividade dos municípios gaúchos para o Mercado Imobiliário

Com a mudança da conjuntura econômica, uma inflação com previsões nada animadoras e uma estagnação para o Produto Interno Bruto, prevendo-se possível quadro de recessão, é necessária uma busca por alternativas vantajosas num cenário que se apresenta bastante nebuloso. Neste contexto, o segmento imobiliário apresenta-se como uma alternativa interessante para aqueles que pretendem realizar negócios e/ou investimentos lucrativos para o futuro. No estudo, realizado com todos os municípios do Rio Grande do Sul, procurou-se identificar onde há potencial para investimento imobiliário.
Veja o estudo completo abaixo. As informações sobre cidades não apresentadas na publicação podem ser solicitadas pelo e-mail:pesquisa@secovi-rs.com.br

BAIXE SEU CERTIFICADO

Digite um CPF válido
Open lightb